Dicas de Saúde

Guia Informativo Redução Permanente de Pêlos com Laser

A alternativa permanente, confortável e rápida!

O QUE VOCÊ PRECISA SABER

O processo de depilação com Laser de Diodo (Light Sheer) consiste na eliminação da raiz do pêlo através da aplicação de feixe de luz altamente concentrado que será absorvido pelo pigmento localizado na raiz do pêlo.

A depilação é realizada através de várias sessões com duração de poucos minutos dependendo da área a ser tratada.

QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE O LASER E A LUZ PULSADA

A depilação com laser é aprovada como permanente e definitiva, porém não é possível impedir o aparecimento de novos pêlos que poderão crescer com o tempo.

A diferença do laser de diodo para os outros métodos está na sua eficácia para todos os tipos de pêlos (grossos e finos), e também para todos os tons de pele incluindo as peles mais morenas.

O laser de diodo possui comprimento de onda de 800 nanômetros, excelente para atingir com eficácia a melanina do folículo piloso, eliminando 80% dos pêlos. A luz intensa pulsada (LIP) trabalha com comprimentos de onda muito amplos e não muito específicos para a depilação, por este motivo somente cerca de 60% dos pêlos serão eliminados.

QUE PARTES PODEM SER TRATADAS

Qualquer área do corpo aonde existam pêlos indesejados.

ORIENTAÇÕES

A preparação inicia 30 dias antes da sessão e deve-se evitar os métodos como a cera ou a pinça que resultam na remoção total dos pêlos. Ë permitido depilar com lâminas (gilette) a área a ser tratada.

A depilação da área com lâmina deverá ser realizada até 2 dias antes da sessão do laser.

Evitar fazer as sessões com a pele bronzeada pelo risco de queimaduras.

Para as pessoas mais sensíveis recomenda-se o uso de pomada anestésica 30 minutos antes da sessão.

O QUE ESPERAR APÓS O TRATAMENTO

Logo após o tratamento poderá ocorrer uma leve ardência ou inchaço ao redor dos pêlos tratados. Estes sintomas podem ser amenizados com compressas de gelo.

Os pêlos tratados podem continuar a aparecer por até 30 dias após o término da sessão e facilmente se desprendem da pele.

Devem ser realizadas sessões de manutenção ao longo dos anos.

Dra. Daniela Zanardi
Dermatologista – CRM/SC 11590 - RQE 6846

Tags: Dermatologista, protetor solar, radiação ultravioleta

Deixar seu comentário

Postar comentário

0 / 300 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 10-300 caracteres
Seus comentários estão sujeitos a moderação do administrador.
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

Não encontrou o que estava procurando?

agenda_consulta